Influenciador Lytson Breno alerta sobre bueiro cedido na Avenida Cândido Ferraz

O influenciador digital espera que essa exposição leve a ações concretas por parte das autoridades municipais para resolver a situação precária antes que a situação se agrave ainda mais

O influenciador digital, Lytson Breno, trouxe à tona uma situação alarmante que coloca em risco a segurança dos moradores da zona leste de Teresina. Enquanto explorava a R. Sen. Cândido Ferraz, próximo ao Shopping Riverside para seu conteúdo digital, Breno deparou-se com um bueiro que simplesmente cedeu, gerando preocupações quanto ao descaso das autoridades locais.

Foto: Reprodução / InstagramInfluenciador Lytson Breno alerta para a situação do bueiro na Avenida Cândido Ferraz
Influenciador Lytson Breno alerta para a situação do bueiro na Avenida Cândido Ferraz

O bueiro, além de estar entupido, apresenta riscos significativos à medida que as chuvas se intensificam na região. Breno expressou sua preocupação, ressaltando que a zona leste de Teresina já enfrenta problemas recorrentes de alagamentos, e a situação pode agravar-se consideravelmente se medidas imediatas não forem tomadas.

Em um apelo direto ao superintendente da SAAD Leste, Lyston Breno pede às autoridades responsáveis a agirem prontamente para resolver o problema. O influenciador destaca a importância de reparar e limpar o bueiro afetado, não apenas para evitar danos maiores durante as chuvas iminentes, mas também para garantir a segurança e o bem-estar da comunidade local.

Esta denúncia de descaso da prefeitura reflete não apenas a vulnerabilidade das infraestruturas urbanas, mas também a necessidade de uma resposta rápida e eficaz por parte das autoridades. O influenciador digital, com sua ampla audiência, espera que essa exposição leve a ações concretas por parte das autoridades municipais para resolver a situação precária antes que a situação se agrave ainda mais. A comunidade aguarda ansiosamente uma resposta da SAAD Leste e da prefeitura de Teresina para garantir a segurança de todos os cidadãos afetados.

Fonte: JTNEWS

Comentários

Morar bem Piauí