Rafael Fonteles nomeia 322 policiais militares para reforçar a segurança pública do Piauí

A nomeação de mulheres e homens policiais militares faz parte de um reforço significativo para melhoria da segurança pública piauiense

O governador Rafael Fonteles participou, nessa quinta-feira (11/1), no Ginásio Verdão, da formatura de 348 policiais militares que passam a reforçar as trincheiras do combate ao crime no Piauí. Dos formandos, 322 foram nomeados de forma imediata.

Foto: CCOM/GOVERNO DO PIAUÌAutoridades entregam certificados de Formação aos novos policiais militares do Piauí
Autoridades a partir do governador Rafael Fonteles, entregam certificados de Formação aos novos policiais militares do Piauí

Ao todo, 4.000 novos homens e mulheres devem ser nomeados até o final deste mandato do Governo do Estado do Piauí.“Quero cumprimentar, em especial, os familiares dos policiais que se formam hoje. Tenho certeza que eles estão tão felizes quanto os policiais que estão sendo nomeados hoje.

Fé e disciplina que honram a família, desde o momento que deram condições para não desistirem de serem servidores públicos na carreira da Polícia Militar. De fato, hoje é um dia importante para o povo do Piauí”, destaca Fonteles.

Foto: CCOM/GOVERNO DO PIAUÌAutoridades entregam certificados de Formação aos novos policiais militares do Piauí
Especial reforço na segurança pública do Piauí com a formação e nomeação dos novos policiais militares, mulheres e homens qque engrandecerão a Polícia Militar do Piauí.

Ao som de “We Will Rock You”, do Queen, a cerimônia de formatura iniciou com o desfile dos formandos. Em seguida, o coronel Scheiwann Scheleiden Lopes da Silva, comandante-geral da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), destacou a importância deste momento para a segurança pública. “Com essa nova turma, vamos avançar cada vez mais. Ano passado, atendemos mais de 105 mil ocorrências. A polícia está mais presente nas ruas”, avalia.

Quando conversei com o comandante, ele pediu uma lei e aprovamos em dois dias na Assembleia para ampliar o número de vagas e chamar o cadastro de reserva. E estamos aqui na PM com mais 348 pessoas que vão defender nossos cidadãos e cidadãs. Vamos para a rua para prevenir e proteger”, considera.

A Turma de novos policiais militares formada nessa quinta-feira (11) e em fase de nomeação pelo governador Rafael Fonteles, fez homenagem a ex-governadora Regina Sousa, atual secretária de Assistência Social do Piauí (SASC), a homenagem bastante merecida, pois foi Regina Sousa quem assinou o cadastro de reserva que hoje torna-se realidade no novo efetivo da segurança pública do Piauí, por meio da Polícia Militar.

Foto: CCOM/GOVERNO DO PIAUÌRegina Sousa agradece emocionada à homenagem recebida da nova Turma de Policiais Militares do Estado.
Regina Sousa agradece emocionada à homenagem recebida da nova Turma de Policiais Militares do Estado.

Regina Sousa falou agradecida pelo carinho dos novos policiais que colocaram o nome da gestora na turma do Curso de Formação de Soldados. “Eu queria agradecer a vocês pela escolha do meu nome para a turma. Quando a gente passa por alguns lugares, depois de um tempo que a gente vê o significado de determinadas coisas.

Chico Lucas, secretário de Estado da Segurança, afirma que “a nomeação destes novos policiais atende a necessidade de mais efetivo”, pontua. “Além do policiamento ordinário, estamos com uma polícia moderna com batalhões especializados, a exemplo da viatura lilás, que atende casos de violência contra a mulher. Precisávamos de mais gente para que esses serviços acontecessem. A nomeação de novos policiais oxigenam e renovam a nossa Polícia Militar”, acrescenta.

Uma revolução no efetivo da segurança pública piauiense 

Através das redes sociais, o governador Rafael Fonteles anunciou, nesta quinta-feira (11/1), a convocação de 500 novos aprovados para fazerem o curso de formação da PM-PI. Desta forma, o governador supera a meta de campanha de nomear mil policiais por ano, somando 4 mil até o final do mandato. Em menos de 13 meses, foram mais de 1.450 policiais nomeados.

Fonte: JTNEWS com informações da CCOM

Comentários

Morar bem Piauí