Metrô de Teresina inicia circulação aos sábados e atende uma reivindicação antiga

Além da ampliação do atendimento aos sábados, a Companhia Metropolitana, através do Programa de Modernização do Metrô de Teresina, deve expandir as linhas, em direção a Timon, Altos e Campo Maior

Foto: ccom/governo do PiauíVLP de Teresina
VLP de Teresina

Foi lançado, neste sábado (26), o início da circulação do metrô de Teresina em novo horário de funcionamento. O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) passa a funcionar aos sábados, de 7h às 13h, que corresponde ao horário comercial do fim de semana. Em caso de feriados, o metrô não funcionará.

Foto: ccom/governo do PiauíRegina Sousa - que assumiu interinamente ontem (25) o governo do Piauí, em virtude de viagem do governador Wellington ao Vaticano
Regina Sousa assumiu interinamente ontem (25), o governo do Piauí, em virtude de viagem do governador Wellington ao Vaticano - e hoje no dia do metroviário autoriza circulação do VLP aos sábados em favor da população do grande Dirceu

O objetivo é melhorar a mobilidade urbana dos usuários do transporte coletivo, oferecendo regularidade, pontualidade, tempo de viagem e, principalmente, uma tarifa compatível com a renda da população. O valor da passagem, atualmente, é de R$ 1. “É um transporte alternativo, mais barato e sabemos que o transporte coletivo é um componente que pesa no orçamento da população. Hoje conseguimos ampliar os horários de funcionamento e a intenção é ampliar as linhas, de modo que as pessoas possam se deslocar por toda a cidade”, destacou a governadora em exercício, Regina Sousa.

A implantação da circulação do metrô aos sábados foi autorizada pelo Governo do Estado, atendendo às demandas da população. “É mais uma melhoria para que as pessoas usufruam de um transporte ferroviário de qualidade. Temos três VLTs refrigerados, cada um com capacidade para 75 pessoas, e se houver necessidade, vamos estudar a viabilidade de ampliar os horários”, afirmou o diretor da Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP), Paulo Martins.

Foto: CCOM/Governo do PiauíRegina Sousa e Paulo Martins anunciam planejamento para ampliação do VLP
Regina Sousa e Paulo Martins anunciam planejamento para ampliação do VLP

Para Célia Sales, usuária do metrô, a novidade traz mais comodidade e economia. “Utilizo o VLT todos os dias para ir e voltar do trabalho. Aos sábados também tenho expediente e tinha que gastar mais para me deslocar. Agora, com o metrô funcionando no fim de semana, economizo e ainda tenho conforto e agilidade a meu dispor”, disse.

Dia do Metroviário é comemorado com o VLP circulando nos sábados

A data escolhida para o início do funcionamento do metrô aos sábados é comemorativa ao Dia Nacional do Metroviário, que foi celebrada com um café da manhã, na estação Frei Serafim. Representa também um presente do Novo Metrô de Teresina para a população no seu deslocamento com um transporte de qualidade e tarifa atrativa.

“O comércio e a população em geral almejavam o funcionamento do metrô aos sábados, que não havia sido implantado ainda por causa do antigo sistema. Hoje fazemos 29 anos de atuação no metrô da cidade e posso afirmar que os serviços prestados melhoraram de maneira significativa, o que deixa nós, metroviários, muito contentes em poder ofertar um transporte de qualidade aos teresinenses”, contou o diretor-presidente do Sindicato dos Metroviários de Teresina, Daniel Vieira.

Expansão do metrô já está planejada

Além da ampliação dos horários de funcionamento, o Governo do Estado pretende fazer, por meio do Programa de Revitalização e Modernização do Metrô de Teresina, a expansão das linhas, em direção a Timon, Altos e Campo Maior, além de uma série de melhorias para o transporte ferroviário. Ressalte-se que essa ampliação de horários durante os sábados, contou com um grande incentivador e interlocutor da comunidade beneficiária, é o vereador de Teresina, Inácio Carvalho, a quem a população entregou milhares de abaixo-assinados reivindicando tal melhoria.

Foto: CCOM/Governo do PiauíRegina Sousa
Regina Sousa

Segundo o secretário de Transportes, Gustavo Aquino, para a primeira etapa do programa já estão assegurados recursos na ordem de R$ 230 milhões, oriundos de financiamento com a Caixa Econômica Federal. “Esse recurso foi destinado para a aquisição dos VLTs, que estão operando desde junho de 2018, e será utilizado também para reforma nas estações, duplicação de parte da linha, revitalização de toda a linha e para a criação de um Centro Operacional de Controle. Existe ainda a possiblidade de implantação da integração ônibus-metrô. Estamos em fase de estudos de viabilidade e elaboração do projeto de engenharia. Após aprovação da Caixa, a previsão é que seja executado em 2020”, pontuou o gestor.

Fonte: JT News, com informações do Governo do Piauí

Comentários