LESA PÁTRIA: Polícia Federal faz operação contra suspeitos de financiar o '8 de janeiro'

Foram expedidos, pelo STF, 48 mandados judiciais, sendo 47 de busca e apreensão e um de prisão preventiva em 11 estados e no DF

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (8/1) a 23ª fase da Operação Lesa Pátria, com o objetivo de identificar pessoas que financiaram e fomentaram os fatos ocorridos em 8 de janeiro de 2023, em Brasília, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos por indivíduos que promoveram violência e dano generalizado contra os imóveis, móveis e objetos das instituições.

Foto: Jacinto Teles/JTNEWSMinistro do STF, então presidente do TSE ao chegar no dia 1º de janeiro de 2023 no Congresso Nacional para a posse do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.
Ministro do STF, presidente do TSE, ao chegar no dia 1º de janeiro de 2023 no Congresso Nacional para a posse do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Para esta fase, foram expedidos, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), 48 mandados judiciais – 47 de busca e apreensão e um de prisão preventiva –, cuja coordenação das ações criminais tem ficado a cargo do ministro Alexandre de Moraes, nos estados do Rio Grande do Sul, da Bahia, de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, do Maranhão, Paraná, de Rondônia, São Paulo, do Tocantins, de Santa Catarina e no Distrito Federal.

Determinação da Lesa Pátria

Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Apura-se que o montante gerado pelos danos causados ao patrimônio público cheguem à cifra de R$ 40 milhões.

Foto: Jacinto Teles/JTNEWSProva do vandalismo e extremismo antidemocrático de Bolsonaristas no Palácio do Planalto em 8 de janeiro
Prova do vandalismo e extremismo antidemocrático de 'Bolsonaristas' no Palácio do Planalto em 8 de janeiro

Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Foto: Igo Estrela/MetrópolesRetrato da intolerância criminosa de parte dos "Bolsonaristas" revoltados com o resultado democrático da Eleição Presidencial.
Retrato da intolerância criminosa de parte dos "Bolsonaristas" revoltados com o resultado democrático da Eleição Presidencial.

As investigações continuam em curso e a Operação Lesa Pátria é permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos e pessoas capturadas. Mandados judiciais por UF:

Mandados de busca e apreensão:
BA – 02
DF – 05
GO – 02
MA – 04
MG – 02
MT – 10
PR – 01
RO – 01
RS – 13
SC – 02
SP – 01
TO – 03

Mandado de prisão preventiva

BA – 01.

Fonte: JTNEWS com informações da Coluna NA MIRA do METRÓPOLES

Comentários

Morar bem Piauí