Corpo de vítima de tiro na cabeça é encontrado em decomposição em Teresina e removido ao IML

Trata-se de pessoa do sexo masculino e, pela marca de tiro na cabeça, deve ter sido alvo de execução sumária, conforme observação técnica preliminar

Na noite desse sábado (21), por volta das 22h, a Polícia Civil, por meio da Perícia Criminal e o Instituto Médico Legal (IML) encontram um corpo de uma pessoas do sexo masculino, em estado de putrefação em decorrência da sua decomposição, exatamente na comunidade Nova Conquista que fica na Nova Teresina, Zona Leste da capital do Piauí.



Foto: Zé WilsonDe acordo com informações passadas ao JTNews, a equipe dos órgãos policiais competentes [IML e Perícia], estiveram no local onde encontraram o corpo, que, provavelmente é o mesmo onde acontecera o crime de homicídio doloso. Várias fotos nos foram encaminhadas, mas por questões de bom senso o JT News deixa de publicá-las, pois são cenas muito fortes.

Boné da vítima, cinza e preto
Boné da vítima, cinza e preto

Preliminarmente identificou-se que trata de uma pessoa do sexo masculino que foi vítima de execução, considerando informações visíveis aos peritos pelas próprias características encontradas no corpo da vítima [é aquela máxima pericial: 'o corpo fala']. A exemplo da marca de um tiro na cabeça desta, registro também presente no boné aparentemente de cor cinza, que estava sobre a cabeça do corpo em estado de putrefação.

Segundo ainda informações colhidas junto a servidores do IML, o perito legista Dr. Dirceu, observou, a priori, que a marca do projétil na cabeça da vítima pode ter sido a causa do óbito imediato, sendo assim, condição suficiente para sua morte.

É mais um corpo em decomposição que o Instituto Médico Legal vai guardar na geladeira do órgão público, até que a Polícia Civil, por meio de suas ações competentes identifique a vítima e os responsáveis por mais uma violenta ação criminosa em Teresina.

Fonte: JTNEWS

Comentários