UPA do bairro Satélite fica sem atendimento fisioterapêutico após FMS reduzir valor pago por plantão extra

De acordo com o SINFITO-PI (Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Piauí) a informação só chegou até a categoria após o vazamento de um memorando na última sexta-feira (08).

A Unidade de Pronto Atendimento do bairro Satélite, localizada na zona Leste de Teresina, encontra-se temporariamente com as atividades de assistência fisioterapêutica suspensas.

Foto: PMTUPA do bairro Satélite, em Teresina.
UPA do bairro Satélite, em Teresina.

A ausência dos profissionais na unidade de saúde, se dá por conta da recente redução nos valores de plantão extra de Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais pela Fundação Municipal de Saúde. 

De acordo com o SINFITO-PI (Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Piauí) a informação só chegou até a categoria após o vazamento de um memorando na última sexta-feira (08).

Ainda de acordo com o Sindicato, será realizada na próxima segunda-feira (18) uma audiência para discutir a redução da remuneração extra para plantonistas. Confira a declaração do vereador Ismael Silva:

“Mesmo afastado das atividades presenciais nos últimos dois dias, por questões de saúde, minha equipe conseguiu reunir as assinaturas necessárias para protocolo e aprovação de Audiência Pública, com vistas a discutir e buscar justificativas plausíveis para a abrupta redução dos plantões extras de vários profissionais da saúde, vinculados à @fmsteresina.

Seguirei na defesa do interesse público. Não me calarei diante desse “desmanche” da saúde do nosso Município. Agradeço a confiança do @crefito14 e do @sinfitopi.oficial, que provocaram o nosso mandato, para que essa audiência fosse proposta, afinal, são várias categorias prejudicadas com essa decisão unilateral e injusta", escreveu. 

Leia na íntegra AQUI.

Fonte: JTNEWS com informações do SINFITO-PI

Comentários

Morar bem Piauí