Tony Trindade pronuncia-se por meio de vídeo, e afirma que "houve um grande mal entendido"

O apresentador que a partir de amanhã (26/8) volta à tela da TV Band, disse que: "apesar de ali [referindo-se à Penitenciária] ter durado três dias e três noites, pra mim foram dias intermináveis"

Após a Justiça Federal ter concedido liberdade ao jornalista Tony Trindade nessa sexta-feira (21/8), por meio do juiz federal, Leonardo Tavares Saraiva, da 1ª Vara Federal da Seção Judiciária no Estado do Piauí; Tony fez declarações de esclarecimentos nesta terça-feira (25/8) e as distribuiu por meio de vídeo aos meios de comunicação do Estado.

Foto: ReproduçãoJornalista Tony Trindade
Jornalista Tony Trindade

O JTNEWS repercute nesta edição os esclarecimentos do apresentador, que, aliás volta amanhã (26) à tela da TV Band, onde desenvolve seu mister profissional de apresentador de televisão atualmente.

Tony afirma categoricamente que tudo não passou de "um grande mal entendido". A propósito de sua declaração, o próprio magistrado que o colocou em liberdade, confirmou em sua decisão que não estavam presentes os pressupostos legais para a manutenção de sua prisão preventiva, o que obviamente não o absolve, até porque o processo ainda não chegou ao seu término.

Dentre os esclarecimentos feitos, por meio de vídeo e distribuído aos meios de comunicação, o jornalista Tony Trindade, diz textualmente assim:

[...] "Não vou dizer que foram dias fáceis, porque não foram! Foram muito difíceis, é... foi um calvário... apesar de ali [referindo-se à Penitenciária Irmão Guido] ter durado três dias e três noites, pra mim foram dias intermináveis....".

Com relação a tudo o que houve, o jornalista Tony Trindade em sua exposição fez algumas perguntas [de forma bastante didática] e ele mesmo as respondeu, como se num diálogo com os telespectadores. 



JTNEWS destaca tópicos do que falou Tony Trindade no vídeo distribuído aos meios de comunicação já referenciado:

“Vai mudar a minha postura profissional? Absolutamente que não, porque não cometi erro algum. Vai mudar a minha forma sempre muito contundente de fazer jornalismo? De jeito nenhum, porque na verdade [...] eu me considero com respaldo moral para continuar a desenvolver meu trabalho”.

Reafirmou que tudo não passou de um "grande mal entendido", em razão de conversas que teriam sido mal interpretadas.

Conversas essas mantidas com o ex-secretário de Educação de União, Marcone Martins, alvo da Operação Delivery da PF que investiga possível desvio de recursos do Fundeb no Município integrante da região metropolitana de Teresina.



O jornalista  concluiu o vídeo fazendo questão de destacar que "vivo e tenho meu maior patrimônio na minha imagem e no meu trabalho, vou continuar dentro do âmbito do processo usando os recursos legais para provar isso, sem qualquer tipo de ranço ou rancor", afirmou Tony Trindade.

Falou também sobre a experiência e aprendizados que adquiriu com tudo o que aconteceu, "Uma experiência dolorosa, mas enriquecedora, pra tocar a vida, pra seguir adiante, eu acredito que eu ainda tenho muito a fazer, muito a produzir, muito a contribuir com o estado do Piauí (...) E para aquelas [pessoas] que não acreditaram; que acham que há qualquer resíduo de prática ilegal, o tempo vai mostrar que isso não aconteceu, o tempo e o nosso comportamento, a nossa prática", concluiu.

Fonte: JTNEWS

Comentários