Policiais do Piauí e do Maranhão prendem acusado de assassinar policial militar em Teresina

A Polícia Civil do Piauí deve prestar informações preliminares acerca das investigações em torno do assassinato o quanto antes; o policial da PM maranhense era filho de Hugo Napoleão no Piauí

Dois policiais militares do Piauí e Maranhão prenderam em flagrante delito nas proximidades do CEUT ao final da tarde desta sexta-feira acusado de ter assassinado o policial militar da PM do Maranhão, Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva, na tarde desta sexta-feira (28/8) em Teresina [em frente à JELTA da João XXII].

Foto: Reprodução/WhatsappPreso acusado de matar policial militar do Maranhão Frantiaialo Gonçalves
Preso acusado de matar policial militar do Maranhão, Frantiaialo Gonçalves

Assista ao vídeo sobre a prisão do indivíduo acusado de ter morto o policial militar, cuja ação foi executada por um policial militar do Piauí e outro do Maranhão que solicitaram apoio da Força Tática para ajudá-los:



A Redação do JTNEWS apurou junto a um colega de trabalho de Frantiaillo Gonçalves, que o policial assassinado havia sido admitido na Polícia Militar do Maranhão no ano de 2018, era lotado no Batalhão da PM em Chapadinha-MA, e que na realidade ele estava ali (em frente à JELTA) em sua moto esperando a sua esposa e não a noiva como anunciamos antes.

Foto: InstagramFrantiaiallo Gonçalves e esposa: ambos muito jovens, um sonho interrompido pela brutal violência
Frantiaiallo Gonçalves e esposa: ambos muito jovens, um sonho interrompido pela brutal violência

Os assassinos haviam abordado o policial, conforme informou seu colega, com o intuito de roubarem sua pistola, momento em que este tentou reagir e de pronto foi alvejado por tiro certeiro que ceifou sua vida de imediato, deixando viúva sua jovem esposa e interrompendo, com certeza, belos sonhos para uma união de felicidades.

Fonte: JTNEWS

Comentários