Justiça concede liberdade provisória a piauiense presa com drogas no Aeroporto de Guarulhos

A decisão foi considerada por Gisele ser mãe de uma criança de 04 anos e não possuir antecedentes criminais.

Uma jovem de 23 anos identificada como Gisele Fernandes Freitas, foi presa com drogas no estômago e partes íntimas ao tentar embarcar para Paris no Aeroporto de Guarulhos (SP). O caso aconteceu na terça-feira (21/11). 

Foto: Reprodução | Redes sociaisGisele Fernandes Freitas.
Gisele Fernandes Freitas.

Na última sexta-feira (24/11), o juiz Marcio Augusto de Melo Matos, da 6ª Vara Federal de Guarulhos, concedeu liberdade provisória à jovem. A decisão foi considerada por Gisele ser mãe de uma criança de 04 anos e não possuir antecedentes criminais. 

No termo da audiência, o juiz estabeleceu medidas cautelares, que caso sejam descumpridas, a decisão será anulada. Confira na íntegra:

"À luz do caso concreto, considero suficientes as medidas cautelares a seguir indicadas, menos gravosas que a decretação da prisão domiciliar. Concedo liberdade provisória mediante cumprimento das seguintes medidas cautelares: 

a) comparecimento a todos os atos do processo; 

b) proibição de mudar de endereço sem informar a Justiça Federal, assim como de ausentar-se do respectivo domicílio, por mais de uma semana, sem prévia e expressa autorização do juízo; 

c) proibição de deixar o País, devendo entregar em cartório o seu passaporte, por ocasião do comparecimento à Vara para prestação do compromisso, caso não tenha sido apreendido pela Polícia Federal; 

d) comparecimento mensal em Juízo do domicílio - segundo orientação recebida da Justiça Federal em Guarulhos - para comprovar as suas atividades".

Após a prisão, Gisele foi conduzida até o Hospital Regional de Guarulhos para a retirada das cápsulas de drogas do seu corpo. 

Fonte: Apuração JTNEWS

Comentários

Morar bem Piauí