Jamil Leite

Especialista em fisiologia e prescrição do exercício clínico, Bacharel e Licenciado em Educação Física, Personal trainer e Professor de ginástica laboral
Especialista em fisiologia e prescrição do exercício clínico, Bacharel e Licenciado em Educação Física, Personal trainer e Professor de ginástica laboral

Atividade física após os 50 - uma nova realidade.

Os novos cinquentões se estimulam , a cada dia , pela a prática da atividade física.

Ter visto um grande número de mudanças num curto espaço de tempo (o fim da era hippie, movimentos de contracultura, a ditadura e o advento da internet, por exemplo), e, por isso, perceber a necessidade de estar “antenado” com as questões contemporâneas de toda ordem – inclusive, as que pregam um estilo de vida mais saudável: este é o motivo que fez com que Wair de Paula, renomado consultor de criação e estilo para a área de design, se tornasse um iniciante da prática de musculação aos 57 anos.

Foto: Foto cedida por Wair de Paula.Wair de Paula,exemplo da nova geração de cinquentões.
Wair de Paula,exemplo da nova geração de cinquentões.

- Quando eu era um garoto, um homem de 50 anos era velho, e um de 60 era ancião. Eu vejo que em virtude da idade média do homem contemporâneo ter subido muito (nota: no Brasil passou de 75,8 anos para 76 anos,segundo dados do IBGE), as características da velhice foram relocadas algumas décadas á frente, possibilitando que os cinqüentões contemporâneos iniciem de forma inspiradora mudanças no campo afetivo e de trabalho - diz Wair.

Em vista disso, iniciar a prática de uma atividade física aos 50 anos  tem conexão fundamental com os objetivos que essa nova geração de cinqüentões almeja. Para que esse processo de reinvenção seja preservado é necessário se ter uma boa saúde física e mental - benefícios  que a atividade física proporciona diretamente.

“O medo de uma velhice não saudável foi o principal motivo  que me levou a praticar atividade física” – diz Wair de Paula. É impossível não ceder ao óbvio (a atividade física promove uma melhora tanto no meu corpo,quanto da minha mente), diante do acesso às informações que comprovam que exercícios físicos diminuem a possibilidade de doenças – tanto físicas como emocionais- complementa. E ele está certo, estudos comprovam a relação entre bem estar emocional com um bom desempenho físico.

Por fim, diríamos que a contínua reinvenção – tanto no campo pessoal como profissional – da nova geração de “cinqüentões” é uma das maiores mudanças recentes de comportamento visto no Brasil – e no mundo. E a atividade física tem papel fundamental nesse processo, dando suporte tanto físico quanto mental para essa geração;

Comentários